10 ansiolíticos naturais que combatem o furacão chamado ansiedade


Infelizmente a ansiedade hoje é um grande problema. Pesquisas demonstraram que uma boa parte da população brasileira sofre desse disturbio. Sobretudo as mulheres, essas são as que mais sofrem e consomem ansiolíticos.

Mas na verdade será que você sabe o que é ansiedade e quais são os seus sintomas? Ultimamente ouvimos falar muito desse termo ansiedade. No entanto, não levamos muito a sério e nem compreendemos o que significa.

Primeiramente precisamos entender que utiliza-se o termo ansiedade para descrever um grupo de distúrbios comportamentais. Ou seja, nervosismo, suor excessivo nas mãos, preocupação, medo, apreensão, tensão muscular, apetite compulsivo.  

Em palavras bem simples, a ansiedade é um comportamento que uma pessoa experimenta diante de situações do dia a dia. Por exemplo, falar em público, fazer uma entrevista de trabalho, apresentar um trabalho acadêmico ou retirar/fazer exames de saúde etc.

Enfim, a crise de ânsia pode se manifestar em inúmeras situações, das mais comuns as mais complicadas. Uma pessoa que demonstra um comportamento ansioso pode apresentar mãos suadas, unhas ruídas, batimento cardíaco acelerado, gaguejar ao falar, exprimir-se com a voz tremula, movimentar o corpo e as mãos desordenadamente.

Infelizmente muitas pessoas não levam a sério esse disturbo. Alguns médicos, consideram a ansiedade uma patologia, principalmente quando ela  apresenta complicações e afeta a saúde emocional da pessoa.

Mas como resolver o problema do furacão chamado ansiedade? Algumas pessoas recorrem a tratamentos a base de remédios de farmácias e há também aquelas que recorrem a tratamentos alternativos.


O são ansiolíticos

A saber, ansiolítico é um remédio calmante ou tranquilizante. Aqueles químicos de farmácias são os ansiolíticos sintéticos e agem como tranquilizantes. Os naturais, sao aqueles extraidos de plantas, frutas ou vegetais. Outrossim, funcionam como calmante natural.

Ambos os ansiolíticos, servem para controlar as crises de ânsia e a tensão do dia a dia. O objetivo é deixar a pessoa calma, tranquila e relaxada. Seja natural ou químico, eles ajudam no tratamento de controle da ansiedade.

Todavia, precisamos compreender que esses remédios químicos, fazem parte dos remédios controlados, geralmente conhecidos como “tarja preta”. Segundo a (OMS) Organização Mundial de Saúde, esse tipo de medicamento pode causar dependência, além de vários efeitos colaterais.

A boa notícia é que existem também os ansiolíticos naturais e eles também podem ser grande aliado no controle da ansiedade. Eles ajudam a pessoa a dormir melhor, a se sentir relaxada, e a levar a vida com mais serenidade.

Principais ansiolíticos naturais

Camomila

A planta de camomila é muito popular e conhecida pelos seus efeitos calmantes. Entre suas propriedades tranquilizantes encontramos a glicenia, uma substância que possui efeito calmante.

Quando consumida relaxa o corpo eliminando a tensão e o estresse do dia a dia. Portanto, consumir diariamente o chá de camomila, principalmente antes de ir dormir, ajuda a manter o organismo calmo e relaxado.

ansiolíticos naturais

Erva cidreira

Muito comum nos quintais das casas, a erva cidreira é um dos ansiolíticos naturais mais conhecidos. Seus princípios ativos atuam no sistema nervoso central, aumentando a sensação de tranquilidade e de bem-estar. Consumir 1 xicara do chá de cidreira 30 minutos antes de dormir, ajuda a relaxar.


Erva de São João

Eficaz no tratamento da depressão leve e moderada, a erva de São João atua também no controle da ansiedade. O tratamento prevê alta concentração do seu princípio ativo, então é preciso fazer a extração corretamente através de infusões. Existem produtos industrializados à base da erva, o que facilita e potencializa o tratamento.

Valeriana

O uso da raiz da valeriana está entre os principais ansiolíticos naturais, e seu princípio ativo atua diretamente nos neurotransmissores cerebrais. Outrossim, é indicada no combate da ansiedade, mas também pode ser recomendada para quadros de estresse agudo e depressão.

Você sabia que na Europa a valeriana encontramos à venda nos supermercados? Os europeus costumam consumir a valeriana para dormir melhor e manterem o estresse bem longe. Além das capsulas manipuladas, encontramos também a valeriana na versão salada.

No verão europeu milhares de pessoas diariamente consomem salada de valeriana. Ela tem um sabor leve e refrescante, não é amarga, rica de fibras, suas folhas são macias e muito gostosas ao paladar e como acompanhamento na mesa, combina com qualquer alimento.

Passiflora

A planta apresenta propriedades ansiolíticas, que atuam na estimulação da produção de serotonina. Substância produzida naturalmente pelo organismo e responsável pela sensação de bem-estar. Utiliza-se também a planta para casos de insônia e depressão.

Lúpulo

O lúpulo, comumente utilizado na fabricação da cerveja e responsável pelo sabor da bebida, é um potente ansiolítico natural. Consumido na versão de chá, ele trata a ansiedade e a agitação, favorecendo uma noite tranquila de sono. Outrossim, seu consumo com frequência traz inúmeros benefícios para a saúde.

Centelha Asiática

Dentre os ansiolíticos naturais de origem oriental, a centelha asiática ocupa lugar de destaque. Também encontrada como Gotu Kola, essa planta possui faculdades calmantes que atuam no controle efetivo da ansiedade.

Bem como, a centelha é uma grande aliada para quem deseja perder peso e controlar a compulsão por doces.

Talo da alface

Embora não esteja entre os mais famosos, ele também é um ansiolítico natural. O chá do talo da alface apresenta excelentes resultados na diminuição dos níveis de ansiedade.

Podemos ainda consumir o vegetal na sua versao natural. Por exemplo, nas saladas. Mas se você preferir o chá, quando fizer a salada reserve os talos para fazer a infusão e dormir com os anjos!

Maracujá

Quem é que não conhece a Maracugina? A Maracugina é um remédio calmante natural feito a base de passiflora e extrato de maracujá. Embora se trate de um medicamento bem antigo, até os dias de hoje vem utilizado como recurso fitoterápico no tratamento de ansiedade, agitação, depressão, insônia e outros.

O destaque dessa fruta consiste nas suas propriedades calmantes. Portanto o consumo diário da fruta ou do suco pode ajudar no processo de controle da ansiedade.

Tem pessoas que consomem 1 colher ao dia da polpa da fruta pura. Se necessário, repita esse processo de noite, ou seja 1 colher pela manhã e outra de noite antes de ir dormir.

Magnésio

Pessoas que apresentam um quadro severo de ansiedade, provavelmente sofrem de carência de magnésio. Infelizmente pessoas que convivem com a ansiedade precisam consumir magnésio. Encontramos esse mineral em várias frutas e verduras. Todavia, no caso de ansiedade é necessário fazer a reposição através de integrador alimentar.

Quando uma pessoa consegue manter o nível de cloreto de magnésio no sangue elevado, provavelmente ele vai funcionar como regulador nas crises de ansiedade, ou seja, vai fazer a função de ansiolítico natural.

Hábitos saudáveis também são ansiolíticos naturais

A química do organismo humano se apresenta sensível a uma série de alterações. Portanto, é necessário que haja em equilíbrio entre ambas para um melhor funcionamento.

Enfim, além dos ansiolíticos naturais que vimos aqui listados, a adoção de hábitos saudáveis também contribui para a melhoria do quadro de ansiedade.

Outrossim, a prática de exercícios físicos, exercícios de respiração e alongamento contribuem de forma positiva no controle da ansiedade. Bem como, dedicar um tempo para o lazer e para a família, praticar caminhadas ao ar livre, também funcionam perfeitamente como ansiolíticos naturais e promovem uma maior qualidade de vida.

Visitem nosso Istagram ou nossa Pagina no Facebook…



Deixe um comentário

error: Conteúdo Protegido!