Omeprazol, uma ameaça à saúde humana


Certamente você já usou Omeprazol para tratar problemas gástricos, mas acredite: ele pode ser uma verdadeira bomba para a saúde humana.

Para se ter uma ideia, esse remédio é capaz de inibir o ácido gástrico, que é muito importante para o nosso corpo, pois regula a digestão. Contudo, ele é um medicamento silencioso.

Se por um lado, resolve o problema da queimação. Por outro lado, sofremos com seus efeitos colaterais. Ademais, a longo prazo de tempo, pode desencadear muitos problemas para a saúde.

O ácido gástrico nos protege de vírus e bactérias, combatendo doenças causadas por intoxicação. Mas não para por ai, ele também causa dependência. Já que, para o tratamento de gastrite, costuma-se usá-lo várias vezes. Inclusive por mais de um ano.

Consequências do Omeprazol

As consequência desse medicamento a longo prazo podem ser das mais simples as mais adversas, confira a lista abaixo:

– Anemia

– Depressão


– Demência

– Doenças neurológicas

Isso tudo pode ocorrer porque o remédio prejudica a absorção de vitamina B12, que está diretamente relacionada à produção de células vermelhas no sangue. Com a ausência dessa vitamina, começamos a ter fadiga, estresse e até insônia. Sabe o que isso significa?

Que Omeprazol pode prejudicar seriamente o sistema nervoso central, afetando completamente nossa saúde. Além disso, a droga também pode diminuir a absorção de cálcio, levando a fraturas, problemas ósseos e musculares.

Os idosos são as maiores vítimas dos efeitos colaterais desse remédio, muitos até passam a ter problemas respiratórios. Pesquisadores do Instituto Kaiser Permanente, nos Estados Unidos, publicaram um estudo sobre os perigos do remédio.

Eles observaram 26 mil pacientes por mais de dois anos e outra. Uma parte desses pacientes consumia Omeprazol; a outra nunca sequer experimentou a droga. O resultado foi muito preocupante.

Ao comparar os dois grupos, verificou-se que 65% das pessoas que tinham tomado Omeprazol por dois ou mais anos apresentavam um maior risco déficit de vitamina B12. O consumo diário implica um risco de 95% de apresentar carências.


Omeprazol

O que fazer para reverter esse quadro?

Claro que você deve seguir o tratamento prescrito por seu médico. Mas há muitos remédios naturais que podem substituir o Omeprazol. E todos deviam saber disso.

A saber, um desses remédios naturais que podem substituir Omeprazol é o suco de batata-inglesa. É bem simples. Primeiramente, você vai descascar uma batata-inglesa, em seguida, ralar e depois espremer até sair o leite.

Tome uma colher em jejum ou trinta minutos antes das refeições. Este suco também pode ser consumido quando a pessoa sentir os incômodos da gastrite, pois alivia imediatamente os sintomas.

Azia: tomar durante uma semana. 

Gastrite: tomar durante duas semanas.

Úlcera: tomar durante um mês.

Outro excelente substituto natural do Omeprazol é o chá de espinheira-santa. Para fazê-lo, você vai precisar de:

1 colher de sobremesa de folhas secas de espinheira-santa

1 xícara (chá) de água

Modo de preparo:

Ferva a água e despeje-a sobre as folhas de espinheira-santa rasgadas em pedaços pequenos.

Abafe a mistura e deixe descansar por alguns minutos.

Depois que amornar, coe o chá e tome em seguida.

Tome uma xícara antes das refeições principais para proteger o aparelho digestivo e evitar a acidez estomacal.

Grávidas devem evitar tomar o chá de espinheira-santa, pois ele provoca contrações no útero, o que pode levar ao aborto.

Acerca do Omeprazol, de fato é um medicamento que traz inúmeras consequências para a saúde. Portanto evitá-lo seria uma escolha inteligente. Se você pode contornar a situação com tratamentos alternativos e naturais, porque não fazer?

Testemunho pessoal

Estou usando o omeprazol desde o início de março/2020. Fui diagnosticada com uma doença rara e preciso tomar todos os dias 1 comprimido de cloroquina (Plaquenil). Todavia, esse remedinho é meio forte e prejudica o estomago. Por isso, meu médico me receitou o protetor de estomago.

Gente realmente ele alivia a dor do estomago e faz com que eu não sinto queimações durante o dia, mas eu tenho muito receio. Porque sei que é um medicamento perigoso. Então, o que eu resolvi fazer? Comecei aos poucos tomar o suco de batata e honestamente, para mim funciona.

Infelizmente não encontrei aqui na Itália a espinheira-santa para fazer o chá. No entanto, estou fazendo o suco de batata e antes de tomar o meu medicamento, eu tomo o suco meia hora antes. Recomendo gente, recomendo de verdade. Medicamento sintético é um veneno! Se pudermos evitar, é melhor.

Te convidamos a visitar nosso Instagram e nossa Página no Facebook… Se gostou, curta, compartilhe e nos ajude a divulgar conhecimento.



Deixe um comentário

error: Conteúdo Protegido!