5 Chás de ervas digestivas para melhorar a digestão e eliminar inchaço


Os chás feitos a partir de ervas digestivas são úteis para aliviar o excesso de gases. Geralmente eles causam inchaço e dor abdominal. Bem como, aquela sensação ruim que te faz se sentir cheio e empanzinado, como se você não conseguisse digerir. Outrossim, excesso de gases no estômago ou intestinos, azia e dor abdominal, são sintomas de digestão lenta e difícil.

Nesses casos, a má digestão pode ser causada por uma variedade de fatores, incluindo estresse, dieta desequilibrada, inflamação do sistema gastrointestinal ou até mesmo estilo de vida sedentário.

Todavia, se com frequência você tem esses problemas, os chás de ervas digestivas podem ser uma alternativa saudável e ajudar a combater a dificuldade digestiva, ou seja, facilitando o processo digestivo e trazer alívio imediato.

Entretanto, atenção. Esses sintomas com certa frequência, que nunca desaparecem por exemplo, pode sinalizar de que algo está errado. Portanto, o melhor a fazer é procurar um especialista em gastrologia e fazer controles para compreender o que se passa.

Contudo, se essa dificuldade de digestão aparece vez o outra, os chás naturais podem sim resolver o problema. Bem como, podem acelerar a digestão melhorando o trato digestivo e acalmar a inflamação do estomago. As ervas de caráter digestivo são excelentes, fazem bem a saúde e o chá delas é muito agradável ao paladar.


Enfim, ervas digestivas ou plantas são muito benéficas para a saúde e para preparar infusões digestivas ou chás de ervas. Outrossim, se você não tem em casa a planta natural, pode comprar em lojas de produtos naturais. Para melhorar a digestão, destacamos algumas delas que são as melhores no âmbito digestivo. Por exemplo, hortelã, manjericão, louro e muitas outras.

chas digestivos

Chá de erva-doce

Dentre as ervas digestivas, ela ocupa um papel importante. Isso porque, diminui problemas estomacais. Bem como, erva doce conta com o ácido málico, que melhora as funções digestivas do estômago através do fornecimento de hidrogênio suficiente para a acidificação do estômago.

Para preparar o chá você vai precisar de 1 colher de chá de sementes de funcho e 250 ml de água. Sua preparação é bem simples. Primeiramente coloque as sementes de erva-doce em água fria, leve para ferver e desligue o fogo.

Deixe em infusão por 10-15 minutos. Posteriormente, filtre e consuma o chá de erva doce. As sementes de erva-doce (na verdade, frutas) têm ação carminativa e proporcionam alívio quase imediato em caso de inchaço e dor abdominal causados ​​pela produção excessiva de gases no intestino.

Outrossim, é excelente para aliviar cólicas. Não é em vão que quando o bebê nasce e sofre com prisão de ventre, o chá de erva doce é o mais indicado. Isso se deve ao fato as suas propriedades carminativas.


Chá de hortelã

  • 1 colher de sopa de folhas de hortelã secas ou frescas;
  • 250 mililitros de água.

Modo de preparo

Primeiramente, aquecer a água e juntar as folhas de hortelã, frescas ou secas. Isso depois que a água estiver fervendo. Deixe em infusão por cerca de cinco minutos, filtre e beba o chá de ervas.

A saber, a hortelã, é um remédio excelente para tratar náuseas e ajuda a eliminar gases e inchaço no estômago e intestinos. Bem como, é a queridinha de quem faz dieta, pois seu chá é um grande aliado na queima de gorduras nas paredes do estomago.

Entretanto, esse tipo de erva digestiva não deve ser consumida por pessoas que sofrem de gastroesofágico. Isso porque, pode agravar este sintoma para o qual se recomenda a decocção de raiz de alcaçuz.

Outras ervas aromáticas que ajudam em caso de má digestão são manjericão, alecrim, louro, manjerona, orégano e tomilho. Podemos usa-los ​​frescos ou secos para preparar chás de ervas, sozinhos ou misturados.

cha digestivo de erva doce

Chá de ervas digestivas de anis

  • 1 colher de chá de anis estrelado;
  • 1 xícara de água quente.

Preparação

Primeiramente ferva 300 ml de água. Em seguida, coloque o anis na água quente e desligue o fogo. Deixe de molho por aproximadamente 15. Posteriormente pode ser coado e consumido.

A saber, o anis estrelado, como o funcho, é usado na medicina popular por suas propriedades digestivas e carminativas, para reduzir o inchaço e a tensão no abdômen. Bem como, o excesso de gás no intestino. Uma ação semelhante à do anis estrelado e do funcho, também é obtida com o anis verde, cominho e coentro.

Chá de ervas digestivas de hissopo

O hissopo é uma planta medicinal de origem francesa, possui flores azuis e tanto as flores como as folhas possuem inúmeras propriedades medicinais. O chá feito da planta é muito agradável ao paladar e principalmente, benéfico a saúde. Dentre suas propriedades, destacamos o papel extraordinário em aumentar a imunidade e controlar o açúcar no sangue.

Bem como, seu chá é muito recomendado para aliviar os sintomas de gripes e resfriados. E mais, por conta de suas substâncias expectorantes, é indicado para a bronquite e alívio da tosse. Outrossim, é um bom aliado na limpeza dos brônquios.

Para o chá de hissopo você vai precisar de 1 colher de sopa de folhas e flores secas de hissopo e 250 ml de água. Para o preparo, o primeiro passo é ferver a água, depois de fervida acrescente as folhas e flores da planta, tampe, abafe e deixe repousar por 10 minutos.

Posteriormente, coe e consuma o chá. O hissopo é uma erva com mil virtudes, que também pode ser colhida espontaneamente. Além de promover a digestão, a secreção do suco gástrico e a eliminação dos gases intestinais, é um aliado válido para combater a tosse e distúrbios relacionados ao trato respiratório.

cha de louro

Chá de ervas digestivas de camomila

  • 1 colher de sopa de flores de camomila;
  • 1 xícara de água.

Preparação

Coloque as flores de camomila em água fervente e deixe em infusão por cinco minutos antes de filtrar e beber a infusão. A camomila é sedativa e antiespasmódica. Bem como, ajuda a aliviar as cólicas abdominais causadas por indigestão, ansiedade e agitação.

Infusão digestiva com limão e gengibre – bonus

  • 1 centímetro de raiz de gengibre;
  • 1 colher de sopa de suco de limão;
  • 250 ml de água;
  • 1 colher de sopa de mel.

 Preparação

Coloque a raiz de gengibre fatiada em uma panela com água, leve para ferver e retire do fogo. Deixe em infusão por 10-15 minutos com a tampa, depois filtre e adicione o mel e o suco de limão. Misture e consuma o chá. A raiz de gengibre ajuda a combater as náuseas, enquanto o limão tem ação digestiva e o mel acalma as membranas mucosas.

Te convidamos a visitar nosso Instagram e nossa Página no Facebook… Se gostou, curta, compartilhe e nos ajude a divulgar conhecimento.


Deixe um comentário

error: Conteúdo Protegido!