Sabão alvejante de álcool, super eficaz, econômico, maravilhoso

sabão alvejante de álcool
Compartilhe esse post:
Compartilhar em facebook
Compartilhar em twitter
Compartilhar em pinterest
Compartilhar em whatsapp

Você conhece sabão de álcool? Se não, precisa conhecer, ele é maravilhoso, não tem mancha que resista, alveja as roupas, deixa as meias branquinhas e tudo sem esforço. De todos os sabões caseiros que provei, sem dúvida, o de álcool é o melhor que existe.

A receita não é difícil de fazer, só precisa tomar cuidado porque leva soda caustica. Entretanto, se você acompanhar o passo a passo e seguir todas as dicas, você vai amar o resultado final e depois que provar nunca mais vai querer lavar roupas com outro tipo de sabão.

Enfim, tem um outro detalhe, usando sabão de álcool a gente economiza muito no sabão em pó. Porque as roupas já vão quase limpas para a máquina de lavar e no caso não precisa por tanto sabão na máquina de lavar.

Então assim, as vantagens de usar sabão de álcool são muitas. A saber, é super econômico, eficaz, cuida da roupa, facilita o dia a dia da dona de casa, as roupas ficam alvejadas sem precisar usar outros produtos mais pesados. Porque na verdade, os produtos para alvejar as roupas, danificam a fibra do tecido e a roupa acaba durando muito pouco.

Portanto, as vantagens de usar o sabão feito em casa, são muitas. E mais, o meio ambiente agradece quando usamos produtos feitos em casa. Infelizmente, os produtos de limpeza industrializados levam muitas químicas e não fazem bem ao meio ambiente.


Uma coisa eu posso garantir, o sabão alvejante de álcool é uma das receitas mais antigas de sabão feito em casa. Bem como, resistiu inúmeras gerações e mesmo passando tanto tempo, ele continua sendo o “queridinho da casa”. Porque como dona de casa, posso dizer que unir tantos benefícios em um único produto, não é fácil.

sabão de álcool

A receita, os ingredientes e o preparo

Ingredientes

  • 4 litros de óleo (usado)
  • 3 k de sebo
  • 1 k de soda
  • 4 litros de álcool (etanol aquele que vende no posto)
  • 2 litros de água
  • 1 frasco de detergente neutro

Leia também >> Sabão em pedra para roupas brancas

Leia também >> Panos de prato branquinhos como novos

Modo de preparo

Primeiramente, derreta o cebo, uma vez derretido, reserve para ser utilizado posteriormente. Em seguida, em um balde de plástico resistente, ao ar livre, com um bastão de madeira de 1 metro, derreta a soda cáustica na água. Cuidado, precisa mexer com calma, tomar todo cuidado e precaução.

Bem como, precisa ser dissolvida ao ar livre, se possível use uma máscara cirúrgica para segurança de não respirar o cheiro da soda. Portanto, tome todos os cuidados necessários. Outro detalhe importante, é que os dois litros de água devem estar na temperatura ambiente.


Em um segundo balde, comece a coar o óleo que vai ser utilizado na receita. Posteriormente, adicione o álcool e mexa tudo com cuidado para homogeneizar a mistura. Por fim, junto com o álcool e o óleo, adicione o frasco de detergente neutro que você escolheu. Tem gente que usa detergente de coco ou limão, eu prefiro o neutro.

Em seguida, junte o cebo que você derreteu e deixou esfriando, sempre mexendo bem e com cuidado de forma que tudo fica bem misturado. Esse processo da receita, também deve ser feito ao ar livre, pois sempre tem cheiros e alguns cheiros podem fazer mal à saúde ou provocar alergias.

Enfim, chegou na hora de mistura a soda caustica diluída em água. Continue mexendo bem, sempre com cuidado e atenção, a hora que você ver que tudo está bem misturado e com uma cor laranja transparente, é hora de colocar a mistura nas formas.

Aqui em casa eu aproveito as caixinhas de leite, aquelas pets. Funciona super bem, o sabão fica bem durinho e perfeito na hora de cortar. Mas você pode fazer como quiser, pode usar formas retangulares, ou até mesmo mandar preparar uma forma de madeira para sabão. Fica a critério de cada um.

Conclusão

O sabão depois de colocado nas caixinhas de leite, precisa descansar por 2 dias. Depois está pronto para ser cortado e utilizado. Às vezes, eu deixo até 5 dias nas caixinhas, e somente depois desinformo, corto e armazeno para o uso. Outra dica importante, é não deixar secar (ressecar) o sabão.

Quem faz na caixinha de leite, pode simplesmente, fechar a tampa da caixa para não ressecar o sabão, mas quem faz na forma, é bom proteger com um saco plástico, pois assim, o sabão fica úmido.

Te convidamos a visitar nosso Instagram e nossa Página no Facebook… Se gostou, curta, compartilhe e nos ajude a divulgar conhecimento.


Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

error: Conteúdo Protegido!