10 sinais de alerta de danos ao fígado que você não deve ignorar


A lesão hepática é um dos problemas que atinge quase todos os adultos com mais de 40 anos. Geralmente, na maioria dos casos, é um sinal de que você não está cuidando corretamente do seu corpo. A saber, o fígado é um órgão vital para o organismo.

Bem como, ele se ocupada das funções metabólicas, de desintoxicação e do sistema imunológico do corpo. Sem um fígado funcionando, uma pessoa não pode sobreviver.

Por ter um papel tão importante no organismo, o fígado precisa ser saudável, pois dele dependem inúmeras funções do organismo. Um fígado danificado, comprometido, gordo, intoxicado, vai acarretar outros problemas de saúde. Portanto, é fundamental compreender quando este órgão não está funcionando corretamente.

Papel e função do fígado

Você sabe qual é o papel que o fígado ocupa no organismo? Dentre suas funções metabólicas destacamos quebrar ou converter certas substâncias. Bem como, equilibrar o metabolismo energético, convertendo glicogênio em glicose e armazenando glicose extra convertendo-a em glicogênio.

Outrossim, tornar as toxinas menos prejudiciais ao corpo e removendo-as da corrente sanguínea. O fígado faz isso recebendo sangue com nutrientes dos órgãos digestivos por meio de uma veia conhecida como veia porta hepática.

As muitas células do fígado, conhecidas como hepatócitos, aceitam e filtram esse sangue. Eles atuam como pequenos centros de classificação, determinando:

figado

  • quais nutrientes devem ser processados
  • o que armazenar
  • também o que eliminar pelas fezes
  • o que deveria voltar ao sangue

O fígado armazena vitaminas solúveis em gordura, bem como minerais como cobre e ferro, liberando-os se o corpo precisar deles. Também ajuda a quebrar as gorduras na dieta de uma pessoa. Ele metaboliza as gorduras ou as libera como energia.


Portanto, por tudo o que lemos e vimos, sim o fígado é um órgão fundamental, precisamos dele funcionando perfeitamente. Mas o que você não sabe e talvez nem reconhece, é que quando esse sistema metabólico está comprometido, o corpo enviais sinais de alerta.

Bem como, envia determinados avisos que precisamos identificar e então procurar um médico. Logo abaixo, você vai encontrar os sinais, os quais, deve estar atento, pois eles representam a danos no fígado e servem de alerta para a sua saúde.

Inchaço do estômago

Esse é apenas um daqueles sinais que indicam danos ao fígado. Todavia, é necessário identificar qual a parte da barriga que está inchando. Portanto, localize a parte superior esquerda, logo atrás da caixa torácica. Bem como, se essa parte inchar, você pode ter certeza de que há danos no fígado. Uma vez identificado, precisa procurar um médico.

Dor de estômago

O inchaço é acompanhado por dor de estômago. Ela ocorre logo abaixo do inchaço e ocorre em intervalos. Se ultrapassar seu limite de sofrimento e você sentir que seu estômago está prestes a estourar, consulte um especialista imediatamente.

Danos no figado

Exaustão

Outro indicador definitivo de lesão hepática. Isso acontece porque seu fígado não pode processar todas as toxinas e, ainda assim, o corpo precisa trabalhar mais. Isso leva à exaustão. Como consequência, o individuo se sente muito cansado, esgotado, o organismo fica lento como se estivesse apitando e avisando que está pronto para parar.

Ferimentos

A quantidade de proteína começa a diminuir no corpo, pois o fígado começa a falhar. Isso faz com que o sangue não seja capaz de engrossar, levando a mais feridas, que se recusam a cicatrizar. Além disso, existe uma correlação direta entre pessoas com problemas de fígado e problemas de sangue. Pessoas com problemas de fígado têm uma contagem de plaquetas menor, o que não permite que suas feridas coagulem.

Enjoo

Este é outro indicador. As pessoas ficam enjoadas quando o fígado se recusa a funcionar e a doença dura por muito tempo. Às vezes, é muito difícil de suportar e também pode ser fatal. O que é necessário neste momento é uma visita rápida ao médico, que o ajudará a lidar com isso.


Alterado

Agora, isso pode vir de duas maneiras diferentes. Um é seco, isto é, seu estômago ronca e borbulha porque seu fígado é incapaz de manter o descarte de toxinas. O outro é regurgitar a refeição anterior porque seu fígado não consegue digerir os alimentos.

Intestino solto

As atividades intestinais ficam completamente descontroladas quando o fígado para de funcionar. Diarreia liquida, as vezes prisão de ventre, tudo ao mesmo tempo, não é difícil compreender que o intestino está fora do ritmo e desequilibrado.

Ausência de apetite

Este não é apenas um problema físico, mas também psicológico. Quando alguém tem problemas de fígado, o cérebro tende a sinalizar ao resto do sistema digestivo para não assimilar mais comida, pois isso resultaria em vômito. Mesmo que você esteja com muita fome!

doenças no figado

Icterícia

Embora possa parecer algo predominantemente encontrado em crianças, a icterícia também pode ocorrer em adultos. Quando o fígado para de funcionar, as toxinas depositadas se recusam a ser destruídas e se transformam em bile.

Essa bile resulta no amarelamento dos olhos e da urina, enquanto as fezes tornam-se claras. O ser humano afetado deve iniciar o tratamento imediatamente.

Problemas Psicológicos

Psicologicamente, as repercussões nos problemas hepáticos podem ir até a perda de concentração e foco. Em alguns casos, também pode levar ao mal de Alzheimer.

Não negligencie esses sintomas e cuide de sua saúde. Prevenir é sempre o melhor tratamento que existe e quando descobrimos as doenças a tempo, maiores são as chances de tratamento.

Te convidamos a visitar nosso Instagram e nossa Página no Facebook… Se gostou, curta, compartilhe e nos ajude a divulgar conhecimento.



Deixe um comentário

error: Conteúdo Protegido!