Logo Emagrecer com vida e saude
Search
Close this search box.

Torta frita Uruguaiana, pão de rua bem comum e crocante

torta frita pão de rua
Compartilhe esse post:

Hoje vamos aprender a fazer um pão frito muito popular no Uruguay, Colômbia, México. Tão comum que é vendido pelas ruas. Como uma espécie de lanche rápido que é consumido com café, chá ou suco de fruta. Além de crocante, uma torta frita equivale a um prato de comida, ou seja, é uma alternativa barata e popular, outrossim, acessível para quem passa o dia trabalhando nas ruas. A saber, a torta frita Uruguaiana é tão gostosa e crocante, que todos, sem exceção apreciam. Embora, ela tenha vários nomes, dentro do próprio Uruguai, em cada região do país leva um nome diferente. Bem como, na Colômbia e no México, mas a massa é sempre a mesma, o preparo é o mesmo e os ingredientes não mudam.

Leia também >> Ralei duas batata e fiz pão frito de rua

Leia também >> Pão sem farinha zero carboidrato, massa leve, saudável e nutriente

Feita com poucos ingredientes, farinha, água, sal e azeite. A saber é um receita simples, mas frita, então não é que dá pra comer toda hora. Para quem cuida da saúde, podemos comer 1 vez no mês e se limitar a uma unidade, e se exagerar, precisa desintoxicar depois. A receita rende 12 tortas fritas, outrossim, é muito fácil de fazer. Todavia, você não precisa fazer a receita inteira, por exemplo, aqui em casa, somos em três, então faço meia receita e rende 6 tortas fritas Uruguaiana. No caso, a receita inteira seria para uma família grande, mas fica a sua escolha. Essa torta de rua, é boa pra comer na hora, fritou, comeu. Não presta mito guardar, porque é como pastel, fica mole e muxibenta, então, a minha dica é essa, fez, comeu.

Torta frita Uruguaiana

Ingredientes

  • 1 kg de farinha
  • 2 colheres (sopa) de azeite
  • 1 colher (sobremesa) de sal
  • 2 xícaras de água quente (talvez precisa mais um pouquinho para dar ponto)
  • Óleo para fritura (de preferência azeite de oliva) mas pode ser qualquer óleo
torta frita Uruguaiana
Massa feita de farinha, água, sal e azeite.

Preparo

Primeiramente, coloque a farinha de boa qualidade e sem fermento na tigela de vidro, em seguida, adicione o azeite de oliva e o sal, e comece a misturar com a ajuda de uma colher. Como já antecipado, a receita leva apenas farinha, água quente, sal e óleo. Portanto, comece aos poucos agregar a água quente, lembrando que o ponto da massa é aquele de pastel, de pizza, de pão, massa para fritar é sempre o mesmo ponto, aquele que não gruda nas mãos, que você abre com o cilindro e via. Portanto, o ponto vai depender muito do tipo da farinha. Há farinhas mais úmidas que vão menos água e há outras marcas que são mais secas e que, portanto, precisa agregar um pouco mais de água. Para a farinha Dona Benta, que é a que estou usando, duas xicaras e meias de água quente, chega no ponto ideal.

Estou usando xícara de 240 ml para medir a água. A saber, a água não deve estar fervendo, mas sim quente, nem morna e nem fervendo, quente é a temperatura ideal. Vou adicionando a água e mexendo com a colher, até o ponto que tenho que sovar com as mãos. Uma vez que já chegou no ponto de pão, e você já sovou, deixe repousar por uns 15 minutos coberta com plástico filme. O repouso é necessário para que todas as partículas de farinha absorvam o líquido e fiquem hidratadas, esse é o segredo da torta frita Uruguaiana. Se você pular essa passagem, elas não vão ficar iguais as tradicionais vendidas nas ruas do Uruguai. Depois dos 15 minutos de descanso a massa fica mais maleável, uma textura mais lisa e bem mais fácil de abrir.

Finalizando a torta frita Uruguaiana

Comece sovando a massa na sua bancada, como um rolo cilíndrico e comece a dividir a massa em 12 bolas. Com a ajuda das mãos boleie a massa e vai deixando as bolas repousando. Uma vez que você já dividiu em 12 bolas, boleou todas elas, com a ajuda de um cilindro abra uma por uma para fritar. O segredo é deixar a massa fina e redonda como uma mini pizza. Uma vez que já terminou de abrir todas e detalhe, vai abrindo e pondo sobre um pano de algodão para que as massas não sequem. Enquanto isso, leve o azeite para aquecer em uma frigideira, quando estiver bem quente, comece a fritar a torta. Antes de colocar cada uma na frigideira, faça um furo no meio de cada torta.

A saber, a torta frita Uruguaiana quando entra no óleo é como pastel, borbulha, fica dourada rapidinho, frita-se dos dois lados e está pronto. Na Colômbia, diferentemente do Uruguai a torta frita é recheada de queijo, e fica deliciosa, como um pastel. Porque na verdade, se observamos é sempre uma massa de pastel, a diferente que não levou nem vodca ou vinagre de álcool, como fazermos tradicionalmente aqui no Brasil. Portanto, se você abrir bem fininha, você pode fazer como os colombianos que recheiam com queijo. Importante: o óleo precisa estar bem quente, quanto mais quente, mais crocante as tortas vão ficar. Com um café passado na hora, numa tarde de chuva, é um sucesso, muito simples, farinha, água e sal.

Te convidamos a visitar nosso Instagram e nossa Página no Facebook… Se gostou, curta, compartilhe e nos ajude a divulgar conhecimento.