Logo Emagrecer com vida e saude

Doença do fígado gordo, sabia que 1 a cada 5 pessoas tem essa doença?

doença do fígado gordo
Compartilhe esse post:
Compartilhar em facebook
Compartilhar em twitter
Compartilhar em pinterest
Compartilhar em whatsapp

As doenças no fígado apresentam sinais claros antes de se desenvolverem completamente. Portanto, se você souber identificar os sintomas, poderá tratar e evitar problemas mais graves. Infelizmente, muitas pessoas sofrem da doença do fígado gordo e nem sequer sabem disso, ocorre, porém, que essa doença aos poucos compromete o fígado deixando-o sempre mais doente e podendo inclusive levá-lo a um colapso.

Leia também >> 14 alimentos permitidos e proibidos para a saúde do fígado

Leia também >> 10 sinais de alerta de danos ao fígado que você não deve ignorar

A saber, a prevenção é sempre a melhor alternativa para viver de forma saudável e com mais qualidade de vida. Por isso convidamos você a continuar lendo está matéria e a compreender bem o que é a doença do fígado gordo, bem como, seus sintomas. O que fazer para tratar, quais são esses sintomas e como contornar esse quadro. Uma coisa é certa, quanto mais conhecimento você tiver a respeito dessa doença, mais fácil será de tratar, curar, bem como, prevenir.

Sintomas da doença do fígado gordo

1. Dor no estômago é sinal da doença do fígado gordo

Normalmente, os sinais mais comuns são vômitos e náuseas, mas esses podem ser confundidos gravidez, depressão, tonturas, dores de cabeça ou intoxicação alimentar. Agora, se você sentir dores no estômago, tenha muita atenção. Isso porque, quando o fígado está doente, ele não consegue expulsar as toxinas do corpo, e é justamente aí que ele causa uma série de desconforto.


2. Cor da urina

Se sua urina estiver laranja, amarela ou até castanha, você deve suspeitar de problemas no fígado. A alteração da cor é resultado do aumento de bilirrubina no sangue. Quando o fígado não pode controlar a bilirrubina, os rins são responsáveis por isso enviando sinais através da urina. Nesse caso, o melhor caminho é procurar um médico e fazer um tratamento adequado. Todavia, o importante nesse contexto, é saber que não é normal essa alteração na cor da urina.

3. Má digestão

A saber, o fígado é também responsável por controlar a bile no corpo. Se, porém, ele estiver doente, então os níveis biliares aumentarão drasticamente, provocando diarreia e má digestão. Por outro lado, se os níveis biliares forem muito baixos, podemos nos tornar intolerantes aos alimentos gordurosos. Outros sintomas comuns são: síndrome do intestino irritável, cálculos biliares, intolerância ao álcool, inchaço e constipação.

4. Diarreia, constipação e sangramento intestinal

Outra função do fígado é a ação coagulante. Quando temos problemas no órgão, podemos sofrer com sangramento intestinal combinado à diarreia ou prisão de ventre. Portanto, quando observamos esses sintomas, principalmente o sangue na urina, é necessário procurar um médico e entender o que se passa no organismo e assim, fazer o tratamento adequado.

5. Dor abdominal pode ser doença do fígado gordo

Toda a região do abdomeToda a região do abdome fica bastante sensível e dolorida. Se você está passando por isso, saiba que não é normal, essas dores. Portanto, convém observar e se as dores persistirem, é necessário procurar um médico, fazer exames e compreender melhor o que se passa. Abdômen inchado, dolorido, gazes acumuladas, nada disso é positivo. E inclusive, muitas pessoas sofrem desse distúrbio, mas não levam a sério, acabam ficando doentes.

Fígado gordo sintomas

6. Retenção de líquido

O resultado é visto principalmente nos pés e tornozelos. Outras possíveis causas são a insuficiência cardíaca, problemas renais, desequilíbrio hormonal e doenças linfáticas. Todas essas doenças, na maioria dos casos são provenientes do mal funcionamento do fígado, ou seja, da doença do fígado gordo. Portanto, é necessário observar essas mudanças, e a todo momento, se necessário procurar um médico.


7. Alterações abdominais

A saber, se você sentir cãibras, dor no ventre ou inchaço, pode considerar que seu fígado está gorduroso. Nesse caso, é necessário desintoxicar o fígado, limpar e em seguida, procurar o médico e fazer exames para compreender melhor. Outro sintoma de dano no fígado podem ser ascite, acúmulo de fluido na cavidade abdominal e hipertensão arterial nas veias ou artérias do abdome.

8. Coceira na pele

Quando sofremos com problemas no fígado, a pele é uma das primeiras partes a sentir. Por isso, é possível que você sinta coceira e escamação. Além disso, contusões podem aparecer mais facilmente, assim como a visibilidade das veias. A única forma de tratar o problema de verdade é cuidando do fígado. Para isso, é necessário também purificar o fígado. A purificação constante do organismo, previne muitas doenças, principalmente a doença do fígado gordo.

9. Mudança de cor nas fezes

Uma das mudanças importantes, é quando as fezes ficam amareladas ou cinzentas. Isso acontece quando temos fígado gorduroso. Se isso permanecer por vários dias, visite o seu médico para verificar seu fígado. Não é normal essa coloração nas fezes, aliás é sinal de alerta que tem algo que não vai bem. Por isso, não ignore, procure um médico e veja o que está errado com seu organismo e se for o fígado, se prepare para desintoxicá-lo, pois será necessário.

10. Perda de apetite

A perda de apetite também pode estar relacionada à deficiência de bile no corpo. A saber, esta substância ajuda a digestão dos lipídios. Assim, quando o alimento não é digerido corretamente, isso afeta a nossa vontade de comer. Outrossim, é sempre um sinal de alerta que não deve ser ignorado, pelo contrário, é necessário compreender o que está provocando a perda do apetite. Muitas doenças, são silenciosas e podem provocar a perda de apetite o que nos faz pensar, que é totalmente normal.

11. Icterícia

Este é um dos sinais mais claros: a pessoa fica com a pele, os olhos e a língua amarelados. Todavia, isso acontece devido ao aumento excessivo de bilirrubina no sangue. Esta condição também pode estar associada a problemas na vesícula biliar e no pâncreas. Por isso, é necessário pontuar a importância de procurar o médico quando identificar esses sinais. Prevenir é sempre o melhor remédio contra qualquer doença.


12. Desequilíbrio hormonal

Quando os hormônios estão fora de controle, isso pode ser sinal de que estamos com gordura no fígado. A consequência é a seguinte: os homens começam a desenvolver seios e tanto eles quanto as mulheres sofrem com a perda de apetite sexual. Esses sinais são suficientes para entender que é necessário desintoxicar o fígado e procurar um médico o mais rápido possível.

13.Fadiga e fraqueza

Fadiga sem explicação é um dos principais sinais de danos hepáticos. Quando o fígado não está funcionando como deveria, o resto dos órgãos trabalham com muita dificuldade. Por isso, é normal que você sinta mais cansaço. E você não vai melhorar enquanto não eliminar as toxinas e fazer um tratamento adequado. A fadiga é um consequência séria que compromete vários aparatos do organismo, não devem e nem pode ser ignorada, mas tratada com a ajuda de um médico.

Te convidamos a visitar nosso Instagram e nossa Página no Facebook… Se gostou, curta, compartilhe e nos ajude a divulgar conhecimento.


Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

error: Conteúdo Protegido!