5 dietas que emagrecem, segundo nutricionistas, elas são as melhores

dietas
Compartilhe esse post:
Compartilhar em facebook
Compartilhar em twitter
Compartilhar em pinterest
Compartilhar em whatsapp

Você está querendo começar uma dieta, mas não sabe qual escolher? A saber, muito complicado entender qual é a melhor forma de emagrecer. Por isso, sempre busque um nutricionista qualificado antes de iniciar qualquer alteração na sua rotina alimentar. Dietas são boas quando acompanhadas por um nutricionista, porque cada organismo reage de um jeito.

Neste artigo, vamos te apresentar as cinco melhores dietas. Segundo estudos, elas apresentam um bom resultado na balança. Portanto, te convidamos a continuar lendo e escolher qual dessas pode ser a melhor para o seu perfil.

Leia também >> Dieta da água, médicos afirmam que ela é a melhor

Leia também >> Cardiologista recomenda dieta para perder 10kg

Dieta Dash

Ela foi eleita a dieta do ano nos Estados Unidos. Isso porque, muitas pessoas têm tido um resultado positivo através dela. Quando foi criada, a intenção era somente auxiliar pessoas que sofriam de hipertensão, mas com o tempo surgiu a necessidade de adaptá-la para as pessoas que desejam perder peso.


Ela visa possibilitar que a pessoa coma menos sal e coma mais alimentos ricos em nutrientes, que ajudam com que a pressão arterial abaixe naturalmente, sem a necessidade de medicamentos. Além disso, ela previne o aparecimento das seguintes doenças:

  • diabetes;
  • derrame;
  • problemas cardíacos;
  • câncer;
  • osteoporose.

Outrossim, auxilia na perda de peso, pois possibilita com que a pessoa que segue o plano, tenha uma mudança nos hábitos alimentares e comece a ingerir alimentos mais saudáveis. Através dela ocorre o incentivo do consumo de vegetais, frutas, verduras, cereais integrais, laticínios magros e menor ingestão de alimentos ricos em açúcares e gorduras.

Dieta do Mediterrâneo

Os países do mediterrâneo têm a fama de terem a melhor expectativa de vida e as menores taxas de problemas cardíacos entre os países ocidentais. A saber, essas taxas fizeram com que os alimentos consumidos nestes países ganhassem muita atenção nos últimos anos, e que fosse criado esse plano mediterrâneo no qual, consiste em adotar os seguintes hábitos:

  • preferir comidas frescas a comidas processadas;
  • comer muitos vegetais, legumes e frutas;
  • utilizar óleos como azeite de oliva, por exemplo;
  • comer muito peixe e frutos do mar;
  • ingerir menos carne vermelha;
  • comer pouco açúcar e;
  • tomar vinho com moderação.

 E não basta apenas comer os alimentos certos, pois ela também implica a adoção do hábito de praticar exercícios diariamente. Como ela incentiva o consumo do azeite de oliva, consequentemente possibilita a ingestão de menos gorduras saturadas e trans. Por isso, a dieta mediterrânea, considerada uma das mais saudáveis do mundo.

5 melhores dietas

Dieta MIND

Ela é um misto entre a Mediterrânea e a Dash, e inclui alguns dos seguintes alimentos: vegetais de folhas verdes; nozes; feijão; alimentos integrais e; peixe e vinho.


Os alimentos presentes nela são importantes para o cérebro, pois possuem nutrientes e antioxidantes. Bem como, as pessoas também são encorajadas a limitar o consumo de carne vermelha, manteiga, queijos, doces e comidas processadas.

A saber, ela tem sido muito comentada ultimamente, pois pesquisadores descobriram que ela pode diminuir o risco de Alzheimer em 53%. A dieta Mind não exige que você fique contando calorias ou passando fome, pois segundo ela você deve comer alimento de alguns grupos com moderação. Quer coisa melhor do que emagrecer e ainda cuidar da saúde do seu cérebro?

Dieta Flexitariana

O nome desta dieta é derivado das palavras flexível e vegetariana e significa que as pessoas que adotam este regime não abandonam a carne completamente, mas são vegetarianas durante a maior parte do tempo.

Comer vegetais é uma forma eficiente de cortar calorias, mas muitas pessoas não querem deixar de comer carne, então a dieta flexitariana busca atender estas pessoas. Bem como, pessoas que estão se iniciando como flexitarianas podem começar tendo dois dias livres de carne por semana, até chegar aos cinco dias ou mais em níveis mais avançados.

Outrossim, pessoas que desejam emagrecer através deste regime também devem se exercitar cerca de 90 minutos por dia. Apesar de ela ser eficiente na perda de peso, é importante ficar de olho quantidade de comida ingerida. Pois mesmo uma dieta baseada em frutas e vegetais pode levar ao ganho de peso se houver exagero.

Dieta da clínica Mayo

Sabemos que dietas que tem um prazo para terminar normalmente não funcionam. Isso porque, elas devem possibilitar que haja uma mudança definitiva nos hábitos alimentares. A dieta da Clínica Mayo, dividida em duas fases, na primeira, que dura duas semanas, você perde de 3 a 5 kg, já a segunda fase é menos intensa, e você perde 1 kg por semana até chegar ao seu objetivo, devendo manter os hábitos depois de alcançar a meta.

Na primeira fase estão incluídos os seguintes alimentos:

  • 4 vegetais e 3 frutas por dia;
  • Alimentos integrais;
  • Gorduras saudáveis e;
  • 30 minutos de exercícios por dia.
  • Nesta etapa são proibidos:
  • Açúcares;
  • Petiscos;
  • porções grandes de carne ou laticínios;
  • restaurantes, a não ser que esteja adequado ao plano;
  • assistir televisão durante as refeições.

Na segunda fase os participantes se alimentam de acordo com uma pirâmide, dando prioridade a vegetais e frutas. Enfim, essas são as dietas que estão em alta atualmente, mas lembre-se sempre de consultar um médico antes de recorrer a qualquer tipo de regime e que isso deve levar a uma reeducação alimentar.

Te convidamos a visitar nosso Instagram e nossa Página no Facebook… Se gostou, curta, compartilhe e nos ajude a divulgar conhecimento.


Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

error: Conteúdo Protegido!