Dieta do arroz: super saudável, eficiente, cardápio completo


A dieta do arroz é excelente para perder peso rapidamente e purificar o corpo. Ademais, muito simples de se fazer, não afeta a saúde, trouxemos o cardápio completo para você. Portanto, tudo que você precisa fazer é focar e pôr em prática.

Se procura uma dieta simples para perder peso, mas acima de tudo que funciona, então talvez a dieta do arroz seja perfeita. Este cereal, utilizado em muitas receitas e preparações, tem realmente muitas vantagens.

A saber, podemos consumir sem problemas por quem é intolerante ao glúten, contém fibras, minerais e vitaminas, é fácil de digerir e tem poucas calorias.

O médico alemão Walter Kempner, que buscava uma dieta adequada para diabéticos, hipertensos e obesos, concebeu essa dieta para emagrecer rapidamente.

Contudo, atualmente essa dieta está cada vez mais difundida em várias parte do mundo. A dieta do arroz tem demonstrado muitos aspectos positivos e ganha sempre novos adeptos. Vamos ver como funciona e quais alimentos são permitidos!

Como funciona a dieta de arroz

A saber, a dieta do arroz explora quatro propriedades fundamentais desse alimento: provoca saciedade, tem poucas calorias, estimula a diurese e é rico em fibras.

Bem como, existem duas variantes diferentes da dieta, uma estruturada em duas fases e a outra em nove dias. Outrossim, dietas diferentes que iremos analisar uma de cada vez.


arroz branco

A dieta do arroz branco

O bifásico é dividido em uma primeira fase, chamada de desintoxicação, na qual são consumidas apenas 800 calorias por dia. Entretanto, esta fase dura no máximo duas semanas.

Na qual, durante as quais só se pode comer arroz cozido temperado com um fio de azeite extravirgem, legumes e fruta (mas com moderação). Simplificando, quase todas as calorias consumidas vêm do arroz.

Outrossim, durante este primeiro ciclo, certamente mais restritivo, tende a perder mais peso e a barriga desincha e torna-se mais achatada. Digamos que é possível reduzir bem o inchaço da área abdominal, permitindo assim, uma barriga mais lisinha.

Em seguida, passamos para a segunda fase, onde consumimos aproximadamente 1200 calorias por dia. Bem como, adicionando ao arroz legumes, frango, peixe, queijos com baixo teor de gordura, vegetais cozidos e crus, frutas frescas e secas e outros cereais.

É, portanto, um ciclo mais variado, onde mais alimentos se alternam. Ademais, existe a possibilidade de alternar o arroz com diferentes cereais, como a quinoa. Em geral, nas duas fases, é importante usar poucos condimentos e não exagerar no sal: prefira especiarias e ervas aromáticas.

A dieta do arroz em 9 dias

A dieta de nove dias é certamente uma dieta curta, porque dura apenas doze dias (nove da dieta real, precedidos por três dias de desintoxicação). Nos primeiros três dias da desintoxicação, você só pode comer arroz e outros produtos dietéticos à base de arroz, como biscoitos.

Nos nove dias seguintes, são adicionadas proteínas magras, como frango e queijo cottage, frutas e vegetais. Mesmo se você optar por isso, você pode alternar o arroz com outros cereais semelhantes.


arroz

A dieta de arroz e frango

Essa declinação da dieta, decididamente mais extrema, indica um cardápio composto de arroz e frango, que por 9 dias deve ser consumido alternando entre o almoço e o jantar e sem jamais comê-los juntos. Frutas frescas para o café da manhã e iogurte ou frutas secas para lanches são as únicas exceções.

A vantagem? Que com um pouco de imaginação você consegue criar muitos pratos, talvez combinando os dois elementos principais com vegetais da época, condimentos leves e especiarias.

Dieta de arroz e atum

Também neste caso dois alimentos são colocados no centro da dieta, mas desta vez ao lado do arroz encontramos atum. Peixes ricos em sais minerais como ferro, iodo e selênio e vitaminas, em particular dos grupos A, B, D uma fonte de Ômega 3.

Também aqui o conselho é criar receitas deliciosas, alternando os dois alimentos, sem nunca come-los juntos. Ah, e para quem ainda não entendeu, coma atum fresco e não enlatado!

Menu de dieta de arroz – o que comer

Como antecipamos, nesta dieta não é permitido comer apenas arroz cozido, pelo menos não nas fases posteriores à fase de desintoxicação.

Além de comer arroz todos os dias, os alimentos permitidos são vegetais, cereais e pseudocereais (milho, quinoa, trigo sarraceno, amaranto). Outrossim, legumes, queijos com baixo teor de gordura, peixes magros, frango e azeite.

Além disso, o arroz também é inserido em outras formas, como iogurte ou biscoito. Por outro lado, outros óleos vegetais, manteiga e várias gorduras, açúcar, doces, refrigerantes e álcool são proibidos. Junto com esses alimentos, certifique-se de beber pelo menos 1 litro e meio de água por dia!

Dieta do arroz

Então, vamos ver um exemplo do menu semanal completo:

Segunda-feira

Café da manhã: três bolos de arroz, café ou chá

Lanche: frutas frescas (não mais que 150g)

Almoço: dois bolos de arroz, peixe cozido no vapor, vegetais

Lanche: frutas frescas (não mais que 150 g)

Jantar: risoto light (80 g), duas frutas

Terça-feira

Café da manhã: três bolos de arroz, café ou chá

Lanche: frutas frescas (não mais que 150g)

Almoço: carne grelhada, vegetais e dois bolos de arroz

Lanche: frutas frescas aproximadamente (não mais que 150 g)

Jantar: 40 g de arroz com vegetais cozidos ou no vapor, dois ovos cozidos e 1 iogurte de arroz

Quarta-feira

Café da manhã: três bolos de arroz, café ou chá

Lanche: frutas frescas (não mais que 150g)

Almoço: queijo fresco, vegetais, 1 fruta

Lanche: frutas frescas (não mais que 150 g)

Jantar: risoto light (80 g), 1 fruta e 1 iogurte de arroz

Quinta-feira

Café da manhã: três bolos de arroz, café ou chá

Lanche: frutas frescas (não mais que 150g)

Almoço: salada mista com peixe ou carne e 2 bolos de arroz

Lanche: frutas frescas (não mais que 150 g)

Jantar: arroz cozido (80 g) com tomate cereja, azeite e manjericão, presunto cozido (2 fatias)

Dieta do arroz para emagrecer

Sexta-feira

Café da manhã: três bolos de arroz, café ou chá

Lanche: 150 gramas de frutas frescas

Almoço: 100 g de carne branca ou peixe, vegetais, 2 bolos de arroz

Lanche: 150 gramas de frutas frescas

Jantar: 70 gr de risoto de cogumelos, duas frutas, 1 iogurte de arroz

Sábado

Café da manhã: três bolos de arroz, café ou chá

Lanche: frutas frescas (não mais que 150g)

Almoço: 130 g de presunto com rúcula e tomate cereja e 2 bolos de arroz

Lanche: frutas frescas (não mais que 150 g)

Jantar: 60 g de risoto light, legumes no vapor, 1 iogurte de arroz.

Domingo

Café da manhã: três bolos de arroz, café ou chá

Lanche: frutas frescas (não mais que 150g)

Almoço: risoto light (60 g), legumes cozidos

Lanche: frutas frescas (não mais que 150 g)

Jantar: 150 g de peixe grelhado, vegetais mistos

A dieta do arroz funciona?

Muitos pensam que o arroz engorda, mas essa dieta promete resultados em pouco tempo. Em síntese, a pergunta é legítima: essa dieta funciona? É uma dieta hipocalórica à base de arroz, um hidrato de carbono também rico em Vitaminas e útil para desintoxicar o nosso corpo. Mas ao mesmo tempo é uma dieta rica em proteínas, o que pode cansar os rins a longo prazo.

tipos de arroz

Resumindo, como todas as dietas extremas, a primeira coisa a fazer é certificar-se de que você pode fazê-la. Bem como, evite se tiver intolerâncias, doenças, em particular pressão arterial baixa, problemas renais ou se estiver grávida. Outrossim, consulte um nutricionista, que sempre recomendamos para qualquer dieta.

Portanto, sim podemos fazer a dieta por um tempo para obtermos os resultados desejamos. Todavia, não deve ser prolongada. Bem como, corre-se o risco de enjoar rapidamente, porque sendo baseada em um único alimento, com o passar dos dias, o organismo vai cansando. Importante, é não perder o foco e a disciplina para não perder os resultados obtidos.

Te convidamos a visitar nosso Instagram e nossa Página no Facebook… Se gostou, curta, compartilhe e nos ajude a divulgar conhecimento.



Deixe um comentário

error: Conteúdo Protegido!