Pages Navigation Menu

Portal de saúde e nutrição dedicado especialmente para aqueles que desejam emagrecer fazendo reeducação alimentar.

Gengibre: um alimento poderoso, mas que pode custar a sua vida

O gengibre é um alimento poderosíssimo, seja para prevenir como para combater doenças, usado e na medicina alternativa desde a antiguidade, a raiz tem um poder sobrenatural no que diz saúde, porém, atenção, tem todos podem consumir gengibre.

Suas propriedades terapêuticas são quase infinitas, desde a emagrecer, curar resfriados, eliminar fungos, a verdade é que o gengibre é um dos melhores anti-inflamatórios natural que existe.

Alguns dos seus benefícios:

– Melhorar a digestão >> 

  • Seu uso é recomendado no tratamento de doenças do sistemas digestivo, como por exemplo: flatulências, gastrite, dores abdominais, vômitos e náuseas. Também previne a formação de úlceras estomacais e melhora as que já existem.

Gengibre-se-nao-usado-corretamente-pode-matar

 

– Tratar de doenças respiratórias >> 

  • O gengibre é um excelente remédio para alergias, gripes e resfriados. A raiz sempre foi muito usado para o tratamento de gripes e resfriados. Uma colher de chá de suco de gengibre e mel alivia quadros de tosse persistente e dor de garganta. Seu chá é um bom descongestionante para a garganta e o nariz.

– Combater inflamações >>

  • Ideal para quem sofre com a artrite, já que o frequente consumo de chá de gengibre pode diminuir em grande medida as inflamações das articulações e, desta forma, as dores causadas por esta doença.

– Atua como analgésico natural >>

  • O gengibre é um alimento que possui compostos com efeito analgésico para dor nas costas e outros tipos de incômodo, como cãibras e dor de cabeça. O consumo de 1 colherinha de café por dia, pode ser a chave do seu sucesso, principalmente pra quem sofre de enxaqueca.

– Fortalecer o sistema imunológico >>

  • O Gengibre tem um papel essencial na defesa do organismo, fortalecendo o sistema imunológico e garantindo uma verdadeira ação bactericida. O alimento também conta com altas taxas de Vitamina C. A recomendação é consumir o gengibre em sucos ou chás diariamente.

– Prevenir câncer >>

  • Estudos demonstraram que os fitonutrientes do gengibre podem ajudar a inibir o crescimento de células de câncer colorretal, ou seja, impedem que o tumor cresça e se o câncer for descoberto no inicio, o consumo constante do gengibre pode ser decisivo no tratamento.
  • Além de aliviar os efeitos colaterais desagradáveis ​​dos tratamentos de quimioterapia e radiação, o gengibre pode ajudar o tratamento de câncer através de propriedade anticancerígena e anti-inflamatória (previne o crescimento de tumores pré-cancerosos), antioxidante, e atividades antimetastáticas ajuda a impedir a proliferação de tumores).

A lista de benefícios é extensa, não para por aqui. Mas, é preciso saber que há pessoas que devem evitar essa raiz, pois ela quando em contato com determinadas patologias, pode piorar e provocar outros problemas de saúde.

Embora o gengibre seja recomendado para muitas situações, vale lembrar, que é necessário consultar seu médico de família, porque em muitos casos, o gengibre pode piorar o quadro clinico, levando a uma complicação ou até mesmo a morte.

Confira abaixo os quatro grupos de pessoas que não devem consumir a raiz.

 

Quais grupos de pessoas devem evitar o consumo do gengibre?

 

1. Pessoas que têm problemas de coagulação do sangue

O gengibre facilita a fluxo de sangue, o que seria um problema para quem tem distúrbios hemorrágicos.

2. Diabéticos

O gengibre ajuda a reduzir os níveis de açúcar no sangue.

O problema é que se você já toma remédios controlados para equilibrar o açúcar no sangue – estamos falando de medicamentos como metaformina ou similar – o gengibre pode causar hipoglicemia.

Portanto, se você é diabético e consome medicamentos para controlar a doença, é preciso procurar um médico antes de consumir a raiz.

3. Pessoas hipertensas

Remédios para hipertensão e gengibre não combinam, pois a frequência cardíaca pode diminuir.

Portanto, se você consome remédios, como Norvasc, Cardizem ou qualquer outro do gênero, fuja da raiz de gengibre.

Além disso, em algumas pessoas, o gengibre eleva a pressão.

4. Pessoas com cálculos biliares

O gengibre aumenta a produção da bílis, o que exige maior esforço para a vesícula biliar.

Com isso, o cálculo biliar é levado a se alojar nos condutores que transportam a bílis, causando muita dor no paciente. Se isso ocorrer, a cirurgia de emergência poderá ser a única solução.

Por outro lado, na medicina chinesa, encontramos recomendações de consumo de gengibre para cálculos biliares.

Então, o que fazer?

Já que existe essa contradição, se você tiver pedras na vesícula, é melhor evitar o gengibre.

E isso pode ser ainda pior se o paciente toma remédios químicos, pois o gengibre interfere no efeito das drogas farmacêuticas.

Fonte de Pesquisa e apoio: Cura pela Natureza

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

%d blogueiros gostam disto: