Pages Navigation Menu

Portal de saúde e nutrição dedicado especialmente para aqueles que desejam emagrecer fazendo reeducação alimentar.

10 sintomas de que voce pode estar com câncer no utero

O câncer de colo de útero é uma doença que aparece de forma lenta e gradual, causada por diversos fatores. Entre eles, está a infecção pelo Papiloma vírus humano, o HPV.

Conhecido também por câncer cervical, ele pode levar alguns anos para atingir o estágio sintomático, sendo silencioso em toda a fase inicial, inclusive passando desapercebido.

De forma geral, o câncer de colo de útero, demora cerca de 10 a 20 anos para se desenvolver, o que faz com que os exames preventivos sejam essenciais para evitarem os graus mais graves da doença.

Isso porque o tumor tem uma fase de pré-malignidade, a NIC (neoplasias intraepiteliais), que é assintomática. Por isso, quando os sintomas aparecerem, é provável que o câncer já esteja mais invasivo.

 

câncer-de-colo-do-útero

 

Esse é um forte motivo para reforçar a importância dos exames preventivos, além disso, é imprescindível procurar ajuda médica quando se identificar qualquer sinal que o corpo emite, principalmente atípico na região vaginal.

Para que fique mais fácil entender quais são eles, neste artigo separamos os 10 principais sintomas do câncer de colo de útero, lembramos que nossa proposta é orientar você, e que o diagnóstico preciso somente cabe a um médico especialista.

  • Corrimento com tonalidade escura

Quando corrimentos vaginais escuros e, principalmente, com mau cheio, tornam-se frequentes, é sinal de algo está errado com a sua saúde nesta região.

Não protele a consulta a um médico ginecologista, para realizar exames e tirar dúvidas. É importante lembrar que eles também podem estar ligados a outros problemas vaginais, que também precisam de tratamento adequado.

2- Dor ao ter relações sexuais

A dor nas relações sexuais geralmente tem diversos fatores, como vaginismo (contrações involuntárias durante o ato sexual), por exemplo.

Mas também pode ser um sintoma inicial do câncer nesta região. Para identificar do que se trata o incômodo, um médico precisa realizar exames específicos.

3- Sangramento entre uma menstruação e outra

Não é comum haver sangramento entre os ciclos. Quando isso ocorre, significa que existe alguma anormalidade. Sim, podem ser em decorrência de miomas, por exemplo, mas é importante ter certeza da causa.

Geralmente, é algo tratável, porém, é necessário ficar atenta a qualquer sinal fora do comum.

 

sintomas-de-cancer-de-colo-de-utero

 

4- Sangramento após a relação sexual

A não ser que tenha havido um corte ou lesão durante a relação, não é comum haver sangramento após o ato sexual. Quando isso ocorre e com frequência, é preciso ficar atenta. Procure um médico.

5- Sangramento mesmo após a menopausa

Este é outro sintoma que deve ser levado em consideração, afinal, após a menopausa o mais comum é que não haja mais sinais de sangramentos.

6- Massa palpável no colo do útero

Este é um sintoma ligado às fases mais agressivas da doença. Geralmente, não é possível observar apenas com o toque por pessoas leigas, mas ela está presente e é facilmente detectada por médicos ginecologistas. Trata-se do tumor em si que passa a ficar evidente.

7- Hemorragias

Também ligadas às fases mais avançadas, a hemorragia pode aparecer em menor ou maior grau e sempre devem ser investigadas por um médico de confiança.

8- Obstrução das vias urinárias e intestinos

Problemas para ir ao banheiro ao urinar começam a aparecer e impossibilitar uma boa qualidade de vida. Infecções urinárias ou até mesmo dores ao urinar são bastante comuns.

Também é comum acontecer de o paciente passar dias sem conseguir ir ao banheiro, devido à dores ou até mesmo por haverem obstruções.

9- Dores lombares ou abdominais

As dores dessa natureza podem estar ligadas à outras doenças ou problemas. Mas, no caso deste sintoma estar em conjunto com os demais, exames precisam ser feitos rapidamente.

10 – Perda de peso e fraqueza sem causa aparente

Quando a doença avança, é comum que o paciente passe a apresentar fraqueza e uma perda de peso acentuada e em períodos curtos.

Além dos sintomas, é importante que os fatores de risco sejam citados, porque são potencializadores para que a doença apareça, e é importante levar em consideração. Os principais são:

  • HPV: Como foi dito, o HPV é o principal agente causador do câncer de colo de útero. Após a infecção, o organismo demora alguns anos para reagir e começar um processo cancerígeno. Por isso, os exames preventivos são essenciais para evitar o surgimento de tumores malignos.
  • Tabagismo: Estudos indicam que o consumo do cigarro pode acarretar em vários tipos de câncer, incluindo o de útero.
  • Vida sexual iniciada muito cedo: Um dos fatores de risco é o início da vida sexual muito cedo.
  • Sexo desprotegido: O sexo desprotegido ajuda na transmissão do vírus HPV. Quando ele acontece muitas vezes, o risco aumenta muito.
  • Baixa imunidade: Pessoas que sofrem com baixa imunidade estão mais propensas a infecções e ao vírus HPV.
  • Más condições de higiene: Alguns estudos indicam que a falta de higiene seja um fator decisivo para o aparecimento de doenças, como o câncer de colo de útero.

Prevenção é a melhor atitude de amor para evitar o câncer de útero

A melhor forma de prevenir esta doença ainda é realizando exames como o Papanicolau anualmente.

A visita constante ao ginecologista faz com que os tumores sejam detectados no início e evitam até mesmo o surgimento do câncer. Em quase 100% dos casos das lesões encontradas com antecedência, existe a possibilidade de reverter o quadro.

Além disso, é importante tentar combater o uso do cigarro, que é um fato de risco muito relevante para o surgimento de diversas doenças. Também é essencial o uso de preservativos em todas as relações sexuais.

Quanto a vacinação, ela irá ajudar a evitar que o HPV cause lesões mais permanentes e é aconselhada para mulheres de até 26 anos de idade.

Não deixe de consultar seu médico ginecologista anualmente e manter a higiene correta.

 

Fontes de pesquisa:

https://www.hcancerbarretos.com.br/colo-de-utero, acessado em 08 de Junho de 2017.

http://www.oncoguia.org.br/cancer-home/cancer-de-colo-do-utero/8/128, acessado em 08 de Junho de 2017.

 

Redatora Juliana Kappel

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

%d blogueiros gostam disto: